segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

DETECÇÃO DE METAIS - 2016 - A PRIMEIRA CAÇADA DO ANO

09/01/2016
Abrindo o ano de explorações, tive a felicidade e a sorte de achar um objeto  muito especial, um fuse muito grande e diferente de todos que já achei até hoje. Sai com o objetivo de chegar no acampamento dos soldados paulistas, e logo de início a caçada deu sinais de que seria boa, pois ao chegar na porteira que dá acesso ao lugar, encontrei o proprietário das terras, já tinha falado com seu irmão que havia me dado permissão para pesquisar lá, mas agora consegui a permissão do dono legítimo, tranquilidade na hora das buscas faz muita diferença. 
Passei o dia todo lá e no final localizei umas trincheiras bem no alto do morro já a caminho do Pico do Cristal, mas ainda no lado de São Paulo, não pude ir até lá pois demoraria muito, e isso iria atrapalhar as pesquisas no lugar que eu estava, mas numa próxima oportunidade, tentarei subir até aquele ponto.


O lugar.

 O achado do dia!
E ainda no começo da caçada, isso raramente acontece.

Um Fuse de artilharia (possivelmente de morteiro).


Partes internas de munição de canhão, conforme visto em algumas fotos, este objeto fica por baixo do fuse.
 Acampamento da Revolução de 1932, o triste é saber que muitos soldados podem ter perdido suas vidas ali devido a quantidade de estilhaços encontrados neste lugar.

 Um grande buraco. Creio que é a cratera de uma explosão, ao seu redor e no seu interior achei muitos estilhaços e esferas de munição de canhão, além do grande fuse que também foi achado bem perto dali.


 Passei o dia todo, mais de oito horas, fazendo uma varredura  esta área.

 Alguns projéteis neste lugar.



Os Achados depois de limpos:



 Este fuse tem 4 níveis de regulagem. Consegui identificar as letras R, I e T, uma em cada nível. Não faço ideia de que calibre ele pode ser, tampouco em que arma ele era usado. Se alguém tiver  alguma informação sobre este artefato por favor compartilhe conosco.

 (Clique na imagem para ampliar)




 Peças internas de munição de artilharia.


 Estes dois foram encontrados no mesmo buraco...

 ...e se encaixam perfeitamente.
 Estilhaço com parte da cinta raiada.

 Cinta raiada de munição de canhão, servia para dar precisão a trajetória do projétil.

 Esferas de chumbo, eram os recheios dos projéteis de canhão e funcionavam como estilhaços.
Veja o funcionamento delas em:

 Fivela de cobre muito diferente das outras que já achei até hoje.

 Fecho de embornal.

 Estilhaços.

Projétil de fuzil ou metralhadora, este acertou algo.

Um comentário:

  1. Hahaha parabéns, que belo fuse!
    amanha de madrugada tou saindo pra primeira do ano tbm

    vamo ver :D

    ResponderExcluir