segunda-feira, 24 de setembro de 2012

DESENTERRANDO A HISTÓRIA DA REVOLUÇÃO DE 1932 NO CAMINHO VELHO - 4º TRECHO

Detecção de Metais - 23/09/2012
Como eu já esperava, este foi o trecho com maior número de achados, vinte e oito, duas capsulas inteiras, um fragmento, vários projéteis perfeitos, inclusive um pontiagudo, que é muito raro, e ainda um de revolver ou pistola.
Neste trecho há um grande barranco onde suponho que as tropas legalistas se abrigaram atrás dele. 
Ao seu redor, fiz a maioria das descobertas. Creio também, que os inúmeros projéteis encontrados tenham partido do Trem Blindado pois o lugar fica de frente para a linha férrea  e ainda muito distante do Túnel da Mantiqueira, outro lugar de intensos combates, mas lembro: isso é apenas uma suposição.
Pela quantidade de vestígios, imagino que o combate deva ter sido violentíssimo,  muito grande também, deve ter sido sofrimento dos soldados, pois o local é de mata fechada, com escarpas íngremes, muita chuva,  vento e  frio, com certeza  por causa da altitude. 
Portanto, dá para sentir que apesar da beleza do local, ali houve muita dor e sofrimento, sendo assim tudo isso não pode jamais cair no esquecimento.
Segue abaixo, minha pequena ajuda, na tentativa de resgatar a valorosa história dos "Heróis da Serra da Mantiqueira".


Resultado final do dia 23/09/2012:   vinte e oito munições da Revolução Constitucionalista de 1932, oito horas de buscas e o meu melhor dia de detecção de metais (até hoje rsrs).


As relíquias de 32:









Algo raro: um projétil de revolver ou pistola




 Lixo encontrado e retirado da natureza:

 Este é o resultado de todas as minhas  buscas feitas até hoje na região da Serra da Mantiqueira, inclusive as que fiz antes de possuir um detector de metais:

Um comentário:

  1. boa ;D cada vez achando coisas melhores!
    o meu chegou hoje! não achei nada haeuheaueh

    ResponderExcluir